Imprensa livre e independente
11 de dezembro de 2018, 14h47

Homem abre fogo em catedral de Campinas e mata ao menos quatro pessoas

Atirador se matou em seguida. Pelo menos outras quatro pessoas ficaram feridas

Reprodução/Twitter
Um homem invadiu a Catedral Metropolitana de Campinas, no interior de São Paulo, logo após realização de uma missa nesta terça-feira (11), matou quatro pessoas e feriu outras quatro. As informações são do Corpo de Bombeiros e da polícia. As mortes ocorreram em uma área de grande circulação de pessoas na região central da cidade. De acordo com a Polícia Civil, o suspeito estaria no interior da igreja e, minutos após o fim de uma missa, sacou uma pistola e um revólver calibre 38, atirou nas pessoas que estavam presentes e se matou em frente ao altar após ser alvejado...

Um homem invadiu a Catedral Metropolitana de Campinas, no interior de São Paulo, logo após realização de uma missa nesta terça-feira (11), matou quatro pessoas e feriu outras quatro. As informações são do Corpo de Bombeiros e da polícia.

As mortes ocorreram em uma área de grande circulação de pessoas na região central da cidade. De acordo com a Polícia Civil, o suspeito estaria no interior da igreja e, minutos após o fim de uma missa, sacou uma pistola e um revólver calibre 38, atirou nas pessoas que estavam presentes e se matou em frente ao altar após ser alvejado com um tiro feito por um dos policiais.

As vítimas fatais não foram identificadas e a polícia investiga a motivação do crime. Equipes do Samu e dos Bombeiros foram enviadas ao local, por volta das 13h20.

Imagens feitas por câmeras de segurança mostram pessoas sendo atendidas pelas equipes de socorro na porta da igreja. Familiares de pessoas que estavam na Catedral no momento dos disparos buscam informações com autoridades no local.

Veja também:  Moradores de favelas do RJ descerão os morros em ato contra a violência policial

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum