23 de outubro de 2018, 21h19

Ibope: Na pesquisa espontânea, diferença entre Bolsonaro e Haddad cai para 9 pontos

Na pesquisa espontânea, isto é, quando os eleitores dizem em quem vão votar sem que o entrevistador diga os nomes dos candidatos, Bolsonaro caiu 5 pontos e Haddad subiu dois: o militar da reserva tem 42% e o petista 33%

Reprodução

Nova pesquisa Ibope para a presidência divulgada na noite desta terça-feira (23) mostra que, além de a diferença entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) ter caído no recorte geral, caiu também na pesquisa espontânea – isto é, quando os eleitores dizem em quem vão votar sem que os entrevistadores digam o nome do candidato.

O militar da reserva, no Ibope do dia 10, tinha 47% das intenções na pesquisa espontânea e caiu, agora, para 42%. Já o petista, que tina 31%, subiu dois pontos e chegou aos 33%. Ou seja, nesta categoria, a diferença que era de 16 pontos caiu para apenas 9 pontos.

A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.