Imprensa livre e independente
06 de março de 2018, 14h30

Igor Fuser recusa convite do Exército para evento e envia resposta histórica

Em sua negativa, o professor de Relações Internacionais da UFABC citou assassinatos políticos, torturas e outras atrocidades cometidas pelas Forças Armadas durante a ditadura militar. Confira

O professor de Relações Internacionais da Universidade Federal do ABC (UFABC), Igor Fuser, revelou nesta terça-feira (6) que recebeu um convite do Exército Brasileiro para participar de um evento sobre cooperação tecnológica e recursos naturais. Em sua página do Facebook, Fuser, que é colunista da Fórum, postou a resposta que deu ao Exército, recusando o convite. Em sua negativa, o professor citou atrocidades comedidas pelas Forças Armadas durante a ditadura militar brasileira. A resposta foi histórica. Confira: “Recebi agora (certamente pela minha profissão de professor/pesquisador), por email, um convite do Comando Militar do Sudeste a um evento sobre cooperação tecnológica...

O professor de Relações Internacionais da Universidade Federal do ABC (UFABC), Igor Fuser, revelou nesta terça-feira (6) que recebeu um convite do Exército Brasileiro para participar de um evento sobre cooperação tecnológica e recursos naturais.

Em sua página do Facebook, Fuser, que é colunista da Fórum, postou a resposta que deu ao Exército, recusando o convite. Em sua negativa, o professor citou atrocidades comedidas pelas Forças Armadas durante a ditadura militar brasileira.

A resposta foi histórica. Confira:

“Recebi agora (certamente pela minha profissão de professor/pesquisador), por email, um convite do Comando Militar do Sudeste a um evento sobre cooperação tecnológica e recursos naturais. Enviei a seguinte resposta:

Agradeço o convite, mas recuso, assim como recuso qualquer cooperação com as Forças Armadas enquanto elas não se desculparem oficialmente pelos assassinatos políticos, torturas, estupros, ameaças, sequestros e outras atrocidades que praticaram durante os 21 anos de ditadura militar”.

Confira também

Igor Fuser dá show: “Nunca vi uma notícia positiva sobe a Venezuela na Globo”

Veja também:  PL busca garantir acesso de casais homoafetivos a programas de moradia do governo

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum