21 de novembro de 2018, 10h46

Indicação de terceiro ministro do DEM causa ciúmes na Câmara, diz Alberto Fraga

Já o presidente do DEM, ACM Neto, diz que “o DEM não pediu nada a Bolsonaro”

Foto: Camila Calazans/Wikipedia

A indicação de um terceiro ministro filiado ao DEM para o governo de Jair Bolsonaro (PSL) já começou a causar “ciúmes” no plenário da Câmara dos Deputados e pode atrapalhar a reeleição de Rodrigo Maia (DEM-RJ) à Presidência da casa. Esta é a avaliação do deputado Alberto Fraga (DEM-DF), coordenador da bancada da bala e aliado do presidente eleito.

“Não são indicações que vieram do DEM, e sim de Bolsonaro. Mas vão atrapalhar, sim, a reeleição de Maia. A escolha já causou ciúmes dentro do plenário, especialmente de partidos com mais deputados que não têm nenhum ministério ainda, como o MDB, PP e PR”, afirmou o deputado ao jornal O Globo.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

Para o presidente do DEM, ACM Neto, “não tem como misturar eleições da Câmara com governo. Isso é assunto da Casa, do Legislativo. O DEM não pediu nada a Bolsonaro. As escolhas são dele”, disse.

ACM Neto se reunirá com o futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, nessa quarta-feira, em Brasília.

“Será a primeira conversa. Vou ouvir mais do que falar. Ao partido, interessa conhecer a agenda econômica e social do governo”, diz ACM Neto.

Agora que você chegou ao final desse texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais