Imprensa livre e independente
20 de dezembro de 2018, 07h24

Insatisfeito, Fidelix cobra Bolsonaro: “Ele me disse que eu participaria com ele do poder”

"Todo mundo sabe da legitimidade do partido, que é o partido do vice. E que o Jair deveria chamar como primeiro parceiro. E nada disso foi feito”, disse o presidente do PRTB.

Reprodução
Presidente do PRTB, partido do vice-presidente eleito, general Hamilton Mourão, Levy Fidelix afirmou à jornalista Mônica Bergamo, na edição desta quinta-feira (20) da Folha de S.Paulo, que se sente preterido pelo presidente eleito, Jair Bolsnaro (PSL) na composição do governo. “Ele [Bolsonaro] me disse que eu participaria com ele do poder. E isso é participar do poder?”. Insatisfeito, ele afirma que nunca pediu cargo, “mas o partido tem que ter o seu espaço”. Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais Amigo de Hamilton Mourão, a quem foi apresentado...

Presidente do PRTB, partido do vice-presidente eleito, general Hamilton Mourão, Levy Fidelix afirmou à jornalista Mônica Bergamo, na edição desta quinta-feira (20) da Folha de S.Paulo, que se sente preterido pelo presidente eleito, Jair Bolsnaro (PSL) na composição do governo.

“Ele [Bolsonaro] me disse que eu participaria com ele do poder. E isso é participar do poder?”. Insatisfeito, ele afirma que nunca pediu cargo, “mas o partido tem que ter o seu espaço”.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

Amigo de Hamilton Mourão, a quem foi apresentado pelo general Paulo Assis que levou o colega militar ao mundo político, Fidelix diz que foi alertado pelo próprio vice-presidente que o espaço do PRTB havia chegado no limite.

“O general me disse apenas que chegou no limite (a questão da falta de espaço para o PRTB). Ou seja, que todo mundo sabe da legitimidade do partido, que é o partido do vice. E que o Jair deveria chamar como primeiro parceiro. E nada disso foi feito.”

Veja também:  Leia a reportagem envolvendo filho de FHC, Odebrechet e paraísos fiscais que foi recusada pela grande mídia

Agora que você chegou ao final deste texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum