21 de janeiro de 2019, 11h46

Jair Bolsonaro e Eduardo Bolsonaro processam Revista Fórum

"Bolsonaro e seus filhos têm que explicar o esquema Queiroz e o enriquecimento com compra e venda de imóveis. A Fórum não tem nada que explicar. Temos é que continuar fazendo jornalismo. E é o que faremos”, afirma Renato Rovai, editor da Fórum.

Na sexta-feira (18), a Fórum recebeu na sua sede um mandado de citação postal de um processo movido pelo atual presidente da República, Jair Bolsonaro, e por seu filho, o deputado federal, Eduardo Bolsonaro. A revista está sendo processada junto com o fotógrafo Luiz Araújo Marques, o Lula Marques. O motivo é a publicação feita por ele e publicada pela Fórum de uma conversa de Bolsonaro com Eduardo, em que num dado momento o pai diz que não vai visitar o filho na Papuda. A ação movida pelo presidente da República e o deputado federal tem por objetivo uma indenização...

Na sexta-feira (18), a Fórum recebeu na sua sede um mandado de citação postal de um processo movido pelo atual presidente da República, Jair Bolsonaro, e por seu filho, o deputado federal, Eduardo Bolsonaro. A revista está sendo processada junto com o fotógrafo Luiz Araújo Marques, o Lula Marques. O motivo é a publicação feita por ele e publicada pela Fórum de uma conversa de Bolsonaro com Eduardo, em que num dado momento o pai diz que não vai visitar o filho na Papuda.

A ação movida pelo presidente da República e o deputado federal tem por objetivo uma indenização por “uso abusivo de imagem e violação de privacidade e conduta difamatória”.

“Na verdade essa é a forma que a família Bolsonaro encontrou para nos ameaçar e tentar nos intimidar, mas já aviso que isso não nos fará mudar em nada nossa linha editorial. Bolsonaro e seus filhos têm que explicar o esquema Queiroz e o enriquecimento com compra e venda de imóveis. A Fórum não tem nada que explicar. Temos é que continuar fazendo jornalismo. E é o que faremos”, afirma Renato Rovai, editor da Fórum.

O editor também disse que já conversou com os advogados da revista e com o fotógrafo Lula Marques. E que todos estão dispostos a enfrentar o processo denunciando a intimidação e o seu viés de censura inclusive internacionalmente.

“São dezenas de reportagens que já foram feitas e premiadas com fotos reportando conversas entre personagens políticos. Desde bilhetes a mensagens de celulares. O fato de eles estarem usando isso para nos processar mostra o quanto eles desprezam a liberdade de imprensa”, conclui Renato Rovai.