22 de julho de 2018, 09h05

João Doria compra rua que invadiu em Campos do Jordão

Após perder uma disputa judicial pela posse de uma viela localizada no entorno da sua casa em Campos do Jordão, o ex-prefeito de São Paulo foi beneficiado por um programa da prefeitura local que colocou à venda áreas consideradas “sem interesse público”

(Foto: Divulfação/ Campanha Dória

Depois de perder uma briga judicial pela posse de uma pequena rua, que se localiza nas imediações de sua casa em Campos do Jordão (SP), João Doria (PSDB), ex-prefeito de São Paulo e pré-candidato ao governo do estado, se beneficiou de um programa da prefeitura da cidade, que colocou à venda algumas áreas consideradas “sem interesse público”, sefundo reportagem de Wálter Nunes, da Folha de S.Paulo.

Entre os lotes negociados estava a viela desejada por Doria, que acabou comprando o lote. Frederico Guidoni, prefeito local e responsável pelo programa, é amigo de João Doria e também tucano. O projeto de lei que criou o Programa de Desafetação – que, na verdade, é a privatização de terrenos públicos – foi protocolado pela prefeitura na Câmara Municipal de Campos do Jordão, em 16 de novembro de 2016, pouco mais de dois meses depois da Folha revelar que, durante vários anos, Doria vinha desrespeitando decisões judiciais para reintegrar ao município a área pública.