31 de julho de 2015, 09h47

João Doria Jr se lança pré-candidato à prefeitura de SP pelo PSDB

O empresário e apresentador de televisão informou que já tem o apoio de de FHC e Alckmin para "renovar" o quadro do partido no município e lançar-se como candidato; caso sua candidatura se confirme, o páreo paulistano contará com três postulantes que são apresentadores de televisão

O empresário e apresentador de televisão informou que já tem o apoio de de FHC e Alckmin para “renovar” o quadro do partido no município e lançar-se como candidato; caso sua candidatura se confirme, o páreo paulistano contará com três postulantes que são apresentadores de televisão

Por Redação

O empresário e apresentador João Doria Jr afirmou na noite da última quarta-feira (29) que é pré-candidato pelo PSDB a prefeitura de São Paulo em 2016. O anúncio veio um dia depois que o também apresentador José Luiz Datena confirmou sua pretensão de se candidatar pelo PP.

Filiado ao partido desde 2010, Doria disse que tem o apoio do governador Geraldo Alckmin e do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso para lançar sua candidatura. Ainda que a legenda cogite outros nomes, como o do vereador Andrea Matarazzo, o empresário afirmou que está disposto a disputar prévias internas.

“Vou disputar o que for preciso para ser o candidato em 2016. Duas grandes lideranças do partido, o governador Geraldo Alckmin e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, estão estimulando a renovação. Isso será importante para o partido crescer e sair do binômio Alckmin e Serra na capital”, disse.

Presidente do Lide (Grupo de Líderes Empresariais), João Doria disse que se apresentará formalmente ao partido entre os dias 10 e 20 de agosto e que já tem um “pré-programa” de governo elaborado por “um grupo de voluntários” com quem trabalha.

Caso a candidatura se confirme, o páreo paulistano contará com três apresentadores de TV: João Doria Jr (PSDB), José Luiz Datena (PP) e Celso Russomano (PRB).

Foto: Divulgação