Imprensa livre e independente
27 de outubro de 2018, 11h07

Joaquim Barbosa declara voto em Haddad: “Um candidato me inspira medo”

Segundo o ex-ministro, “votar é fazer uma escolha racional. Eu, por exemplo, sopesei os aspectos positivos e os negativos dos dois candidatos que restam na disputa”

Foto: José Cruz/Agência Brasil
O ex-presidente do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa declarou, neste sábado (27) seu voto ao candidato Fernando Haddad (PT). Em sua conta oficial no Twitter, ele disse: “Pela primeira vez em 32 anos de exercício do direito de voto, um candidato me inspira medo. Por isso, votarei em Fernando Haddad”. Segundo Barbosa, “votar é fazer uma escolha racional. Eu, por exemplo, sopesei os aspectos positivos e os negativos dos dois candidatos que restam na disputa”. Alguns eleitores responderam o post de Barbosa o parabenizando e dizendo que o candidato Jair Bolsonaro (PSL) é perigoso. Outros, disseram que o ex-ministro é...

O ex-presidente do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa declarou, neste sábado (27) seu voto ao candidato Fernando Haddad (PT). Em sua conta oficial no Twitter, ele disse: “Pela primeira vez em 32 anos de exercício do direito de voto, um candidato me inspira medo. Por isso, votarei em Fernando Haddad”.

Segundo Barbosa, “votar é fazer uma escolha racional. Eu, por exemplo, sopesei os aspectos positivos e os negativos dos dois candidatos que restam na disputa”.

Alguns eleitores responderam o post de Barbosa o parabenizando e dizendo que o candidato Jair Bolsonaro (PSL) é perigoso. Outros, disseram que o ex-ministro é um “traidor da pátria” por votar em Haddad.

Barbosa chegou a ser cotado para ser candidato à presidência pelo PSB. Porém, ele desistiu da candidatura e o partido não lançou nenhum outro candidato para a disputa de 2018.

Veja também:  Presidente da Comissão da Reforma afirma que ato do dia 26 é ‘surreal’

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum