Seja Sócio Fórum
26 de março de 2019, 19h51

Joice Hasselmann, que hoje exalta 1964, condenava a ditadura

Após ser alvo de linchamento nas redes sociais por defender comemoração da Ditadura Militar no próximo dia 31, a deputada Joice Hasselmann começou a apagar tweets dela contrários ao Golpe de 1964; confira

Reprodução/YouTube
*Com Brasil 247 A deputada federal e líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP), gerou uma onda de indignação nas redes sociais, nesta terça-feira (26), ao celebrar a comemoração da Ditadura Militar no próximo dia 31. Para a congressista, a determinação de Jair Bolsonaro para que as Força Armadas comemorem o golpe militar é a “retomada da narrativa verdadeira de nossa história”. Depois de milhares de reações críticas de internautas, Joice começou a apagar tweets que fez no passado condenado o período dos anos de chumbo. Confira alguns tuítes que, antes de serem apagados pela parlamentar, foram printados por...

*Com Brasil 247

A deputada federal e líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP), gerou uma onda de indignação nas redes sociais, nesta terça-feira (26), ao celebrar a comemoração da Ditadura Militar no próximo dia 31.

Para a congressista, a determinação de Jair Bolsonaro para que as Força Armadas comemorem o golpe militar é a “retomada da narrativa verdadeira de nossa história”.

Depois de milhares de reações críticas de internautas, Joice começou a apagar tweets que fez no passado condenado o período dos anos de chumbo.

Confira alguns tuítes que, antes de serem apagados pela parlamentar, foram printados por usuários do Twitter.

Reprodução

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum