Imprensa livre e independente
22 de março de 2017, 13h29

Jornal Meia Hora, do Rio, bomba na internet com capa sobre sequestro de ônibus

O nome do sequestrador, que estava com arma de brinquedo, é Jhon Lenon. O irreverente diário carioca não foi pra menos e tascou a manchete: “Jhon Lenon sequestra ônibus e passageiros gritam HELP”. O título é seguido por imagem do famoso álbum em que os músicos aparecem fazendo a sinalização universal de pedido de socorro.

O nome do sequestrador, que estava com arma de brinquedo, é Jhon Lenon. O irreverente diário carioca não foi pra menos e tascou a manchete: “Jhon Lenon sequestra ônibus e passageiros gritam HELP”. O título é seguido por imagem do famoso álbum em que os músicos aparecem fazendo a sinalização universal de pedido de socorro. Da Redação O nome do sequestrador, que estava com arma de brinquedo, é Jhon Lenon. O irreverente diário carioca não foi pra menos e tascou a manchete: “Jhon Lenon sequestra ônibus e passageiros gritam HELP”. O título é seguido por imagem do famoso álbum em...

O nome do sequestrador, que estava com arma de brinquedo, é Jhon Lenon. O irreverente diário carioca não foi pra menos e tascou a manchete: “Jhon Lenon sequestra ônibus e passageiros gritam HELP”. O título é seguido por imagem do famoso álbum em que os músicos aparecem fazendo a sinalização universal de pedido de socorro.

Da Redação

O nome do sequestrador, que estava com arma de brinquedo, é Jhon Lenon. O irreverente diário carioca não foi pra menos e tascou a manchete: “Jhon Lenon sequestra ônibus e passageiros gritam HELP”. O título é seguido por imagem do famoso álbum em que os músicos aparecem fazendo a sinalização universal de pedido de socorro.

Veja também:  “Se preciso a polícia tem que entrar em universidades”, diz ministro da Educação

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum