10 de outubro de 2018, 09h50

Jornalistas da Record e Bandeirantes receberam ordens para produzir reportagens contra Haddad e aliados, afirma Noblat

O jornalista completa ainda que, por conta disso, o clima nas duas emissoras é de desolação, de revolta e, em alguns casos, até de choro

Ciro Gomes será um dos alvos principais. Foto: Reprodução de vídeo

O jornalista Ricardo Noblat informa, através de sua conta no Twitter, que “ordens dos mais altos escalões das TVs Record e Bandeirantes foram dadas para que o jornalismo das duas emissoras produzam reportagens contra Fernando Haddad, candidato do PT à presidência da República”

Noblat escreveu ainda que a orientação vale também aos demais políticos de outros partidos que se aliem a Haddad.

O jornalista completa ainda que, por conta disso, o clima nas duas emissoras é de desolação, de revolta e, em alguns casos, até de choro.

“Ciro Gomes, ex-candidato do PDT, será um dos primeiros alvos de tais reportagens”, escreveu Noblat.