Imprensa livre e independente
22 de outubro de 2014, 10h45

Jovem Aécio: “Eu nunca fiz minha própria cama”

Em entrevista a um jornal norte-americano aos 17 anos, Aécio Neves disse que “a vida das mulheres é fácil no Brasil" e que elas não tinham "necessidade financeira de trabalhar"; afirmou que "todo mundo tem uma empregada ou duas" e admitiu: "nunca fiz minha própria cama".

Em entrevista a um jornal norte-americano aos 17 anos, Aécio Neves disse que “a vida das mulheres é fácil no Brasil” e que elas não tinham “necessidade financeira de trabalhar”; afirmou que “todo mundo tem uma empregada ou duas” e admitiu: “nunca fiz minha própria cama” Por Brasil 247 Como é comum para os jovens de sua idade, à época, e classe social, o hoje senador e candidato à presidência Aécio Neves passou uma temporada nos Estados Unidos quando tinha 17 anos para um intercâmbio escolar. Parte de sua estadia foi em um vilarejo de Nova Jersey, que hoje tem...

Em entrevista a um jornal norte-americano aos 17 anos, Aécio Neves disse que “a vida das mulheres é fácil no Brasil” e que elas não tinham “necessidade financeira de trabalhar”; afirmou que “todo mundo tem uma empregada ou duas” e admitiu: “nunca fiz minha própria cama”

Por Brasil 247

Como é comum para os jovens de sua idade, à época, e classe social, o hoje senador e candidato à presidência Aécio Neves passou uma temporada nos Estados Unidos quando tinha 17 anos para um intercâmbio escolar. Parte de sua estadia foi em um vilarejo de Nova Jersey, que hoje tem 2 mil habitantes. O jovem brasileiro logo virou atração no local, virando até personagem de uma reportagem no Franklin-News.

Conforme relato de Paulo Moreira Leite, em seu blog no 247, na entrevista ao repórter Bob Bradis, ele contou de suas preferências musicais e um pouco da vida no Brasil. Aécio disse “que a vida das mulheres é fácil no Brasil. Segundo as palavras de Bob Bradis, Aécio lhe disse que as mulheres brasileiras não tem necessidade financeira de trabalhar, e podem passar a maior parte de seu tempo na praia ou fazendo compras”, conta PML. Leia mais um trecho:

Veja também:  Eduardo Bolsonaro entrevista viúva de Ustra, o maior torturador da ditadura militar

Falando da vida doméstica, Aécio disse: “todo mundo tem uma empregada ou duas; uma para cozinhar, outra para limpar.” Falando de sua rotina dentro de casa, no Brasil, assinalou outra novidade: “Eu nunca fiz minha própria cama.” Outra diferença, como se sabe.

Bob Bradis conta que Aécio lamentava, naquele fevereiro de 1977, que estivesse fora do Brasil por causa do carnaval. Há uma grande festa antes do início da Quaresma, disse Aécio. O jovem brasileiro contou como todos dançam nas ruas, comem, bebem até altas horas e então vão para casa dar um mergulho, para aí retornar para mais festas. “É a melhor época do ano”. Segundo o Franklin-News, Aécio disse ainda: “Essa é a única época em que a classe baixa e a classe alta se reúnem.”

E a íntegra aqui.

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum