11 de maio de 2018, 21h07

Jovens da Amazônia fazem carta de 30 metros em homenagem a Lula

“Liberdade é a razão de nossa teimosia e ousadia, princípio da revolução que queremos. Seja firme! Que não tarde a liberdade!”, diz trecho da mensagem

Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula

Um grupo de jovens da Amazônia resolveu homenagear Lula, preso na superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, desde 7 de abril. Eles escreveram uma carta que mede 30 metros endereçada ao ex-presidente. A carta foi entregue nesta sexta-feira (11) à Vigília Lula Livre, no acampamento de militantes na capital do Paraná.

“Liberdade é a razão de nossa teimosia e ousadia, princípio da revolução que queremos. Seja firme! Que não tarde a liberdade!”, diz trecho da carta.