Imprensa livre e independente
31 de agosto de 2018, 07h51

Juíza retira Gleisi Hoffmann da defesa de Lula

Com a decisão, a senadora e presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann será obrigada a respeitar o horário de visitas e ver Lula somente às quintas-feiras

Responsável pela execução da pena do ex-presidente Lula, a juíza Carolina Lebbos determinou que a senadora Gleisi Hoffmann (PT) não pode mais atuar como advogada de Lula. Com a decisão, a senadora e presidente nacional do PT será obrigada a respeitar o horário de visitas e ver Lula somente às quintas-feiras. O despacho de Lebbos também atingiu o tesoureiro do partido, Emídio de Souza. Segundo reportagem do jornal Folha de S. Paulo, a juíza “argumenta que, segundo a lei, como membro do Legislativo, Gleisi não pode praticar a advocacia contra ou a favor de sociedades de economia mista – como é o caso da Petrobras.” Carolina...

Responsável pela execução da pena do ex-presidente Lula, a juíza Carolina Lebbos determinou que a senadora Gleisi Hoffmann (PT) não pode mais atuar como advogada de Lula. Com a decisão, a senadora e presidente nacional do PT será obrigada a respeitar o horário de visitas e ver Lula somente às quintas-feiras. O despacho de Lebbos também atingiu o tesoureiro do partido, Emídio de Souza.

Segundo reportagem do jornal Folha de S. Paulo, a juíza “argumenta que, segundo a lei, como membro do Legislativo, Gleisi não pode praticar a advocacia contra ou a favor de sociedades de economia mista – como é o caso da Petrobras.”

Carolina destaca que o crime pelo qual Lula foi condenado foi contra a administração pública e que há o dever de ressarcimento de danos à estatal. A magistrada pede que Lula devolva R$ 30 milhões à estatal. A juíza também voltou a negar pedidos da imprensa para entrevistar Lula.

Outro pedido da magistrada inclui esclarecimentos sobre a entrevista de Lula ao jornal italiano La Repubblica, atendendo requisição do Ministério Público Federal. Ela quer que as autoridades policiais responsáveis respondam se houve conhecimento da entrevista.

Veja também:  Bolsonaro faz ironia sobre investigações de candidaturas laranjas do PSL

A juíza ainda pediu uma lista com a relação de todos que visitaram o ex-presidente, incluindo dia e a hora dos encontros.

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum