Imprensa livre e independente
06 de outubro de 2018, 17h03

Justiça Eleitoral indefere todas as candidaturas do PT do Amapá

TSE manteve a decisão do tribunal regional que impugnou as candidaturas para deputado, senador e vice-governador do PT no estado do Amapá por falta de prestação de contas; partido alega que situação já foi regularizada e que vai recorrer

Em decisão proferida nesta sexta-feira (5), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve o indeferimento das candidaturas do PT no estado do Amapá determinado pelo tribunal regional em agosto. De acordo com a Justiça Eleitoral, o partido não teria feito a prestação de contas do ano de 2015. Os partidos PPS e Patriota também tiveram suas candidaturas no estado indeferidas pelo mesmo motivo. O indeferimento abarca as candidaturas para todos os cargos que o PT pleiteia no Amapá: deputados estaduais, federais, senador e vice-governador. Em nota, o partido informou que já regularizou a situação junto à Advocacia-Geral da União (AGU) e...

Em decisão proferida nesta sexta-feira (5), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve o indeferimento das candidaturas do PT no estado do Amapá determinado pelo tribunal regional em agosto. De acordo com a Justiça Eleitoral, o partido não teria feito a prestação de contas do ano de 2015. Os partidos PPS e Patriota também tiveram suas candidaturas no estado indeferidas pelo mesmo motivo.

O indeferimento abarca as candidaturas para todos os cargos que o PT pleiteia no Amapá: deputados estaduais, federais, senador e vice-governador. Em nota, o partido informou que já regularizou a situação junto à Advocacia-Geral da União (AGU) e que vai recorrer da decisão no Supremo Tribunal Federal (STF).

Como ainda cabe recurso, os nomes dos candidatos constarão nas urnas na votação de domingo (7). Os votos, porém, não serão divulgados até que a instância superior profira uma decisão sobre o caso.

Uma das candidaturas do PT impugnadas pela decisão é de Marcos Roberto, que pleiteia a vaga de vice-governador pela chapa do PSB, encabeçada por João Capiberibe. Por meio de nota oficial o PSB informou que a decisão da Justiça Eleitoral atinge apenas o PT e que não interfere em sua candidatura ao governo do estado.

Veja também:  Colunista da Folha, Clóvis Rossi morre aos 76 anos

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum