Imprensa livre e independente
23 de maio de 2019, 19h27

Justiça manda Bolsonaro pagar indenização a Maria do Rosário em 15 dias

“Essa luta e essa vitória não me pertencem. São de todas nós, mulheres. Pela dignidade das mulheres brasileiras”, disse a deputada

Foto: PT no Senado
Jair Bolsonaro tem 15 dias para indenizar a deputada Maria do Rosário (PT-RS), após determinação da Justiça. A decisão manda que o presidente cumpra a obrigação de retratação pública e indenização por danos morais em favor da parlamentar, de acordo com informações de Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo. Em 2014, Bolsonaro declarou que a deputada não merecia ser estuprada porque ele a considerava “muito feia” e porque ela “não faz” seu “tipo”. Em vídeo, Maria do Rosário comemorou o resultado. “Meus amigos e minhas amigas. Sobretudo minhas amigas. Eu quero cumprimentar todas vocês e comemorar junto a vitória que...

Jair Bolsonaro tem 15 dias para indenizar a deputada Maria do Rosário (PT-RS), após determinação da Justiça. A decisão manda que o presidente cumpra a obrigação de retratação pública e indenização por danos morais em favor da parlamentar, de acordo com informações de Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo.

Em 2014, Bolsonaro declarou que a deputada não merecia ser estuprada porque ele a considerava “muito feia” e porque ela “não faz” seu “tipo”.

Em vídeo, Maria do Rosário comemorou o resultado. “Meus amigos e minhas amigas. Sobretudo minhas amigas. Eu quero cumprimentar todas vocês e comemorar junto a vitória que tivemos. Esta tarde eu recebi a notícia que, finalmente, a sentença será cumprida, aquela que eu movi contra Jair Bolsonaro”, disse.

“Ele deverá pagar agora a sentença e terá de se retratar nas redes sociais e em todos os espaços que usou de difamação. É uma vitória importante para nós, porque é uma vitória do respeito e da dignidade”, acrescentou.

Resistência

“Eu sei que todos os dias vocês enfrentam essas mesmas situações. Desrespeito é algo que lamentavelmente é uma marca que existe em nosso país contra as mulheres. Mas nós podemos resistir e apontar umas às outras o caminho para andarmos de mãos dadas. Essa vitória é de vocês. Eu vou pegar esse recurso (R$ 10 mil), quando for depositado, e distribuir para entidades e pessoas que atuam em defesa dos direitos da mulher. Essa luta e essa vitória não me pertencem. São de todas nós, mulheres. Pela dignidade das mulheres brasileiras”, completou.

Veja também:  Derrotado na CCJ e sem apoio popular, decreto de armas volta a ser defendido por Bolsonaro

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum