Imprensa livre e independente
23 de abril de 2018, 16h09

Justiça veta visita de Dilma e Ciro a Lula

Além dos dois, Justiça negou a visita de inúmeros parlamentares petistas e outras lideranças políticas que estavam em uma lista enviada na semana passada; mesmo assim, ex-presidenta Dilma Rousseff está neste momento na sede da Polícia Federal

A juíza Carolina Lebbos, da 12ª Vara de Execução Penal de Curitiba, negou nesta segunda-feira (23) os pedidos de visita a Lula da ex-presidenta Dilma Rousseff e do ex-ministro Ciro Gomes (PDT). Também foram vetadas as visitas de inúmeros políticos e parlamentares que estavam em uma lista enviada à juíza na semana passada. Entre eles, o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, a senadora e presidenta do PT, Gleisi Hoffmann, e o deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS). No despacho em que nega as visitas, a juíza disse que Lula tem o direito de receber a visita de cônjuge, familiares e...

A juíza Carolina Lebbos, da 12ª Vara de Execução Penal de Curitiba, negou nesta segunda-feira (23) os pedidos de visita a Lula da ex-presidenta Dilma Rousseff e do ex-ministro Ciro Gomes (PDT). Também foram vetadas as visitas de inúmeros políticos e parlamentares que estavam em uma lista enviada à juíza na semana passada. Entre eles, o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, a senadora e presidenta do PT, Gleisi Hoffmann, e o deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS).

No despacho em que nega as visitas, a juíza disse que Lula tem o direito de receber a visita de cônjuge, familiares e advogados e que a visita de amigos “não é um direito absoluto”.

Mesmo assim, a ex-presidenta Dilma Rousseff foi a Curitiba e está neste momento na sede da Polícia Federal para tentar fazer sua visita.

Acompanhe ao vivo

Veja também:  Homem que atropelou manifestantes no Rio de Janeiro é procurado

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum