ASSISTA
17 de junho de 2013, 23h38

Juventude do PSDB não decepciona

Em nota, agremiação paulistana diz que não vai participar dos protestos por acreditar que "o mesmo tenha se transformado em movimento político onde um dos intuitos é de enfraquecer o governo do estado de São Paulo"

Em nota, agremiação paulistana diz que não vai participar dos protestos por acreditar que “o mesmo tenha se transformado em movimento político  onde  um dos intuitos é de enfraquecer o governo do estado de São Paulo”

Abaixo, nota oficial da Juventude paulistana do PSDB, recebida por e-mail.

Senhores,

Diante dos acontecimentos e da manifestação que acontece hoje em pinheiros promovida inicialmente pelo movimento de militantes partidários ao PCdoB “Passe Livre”, entre outros: A JPSDB Paulistana (Juventude do PSDB do município de São Paulo) acordou que não participará deste manifesto em virtude de acreditarmos que o mesmo tenha se transformado em movimento político  onde  um dos intuitos é de enfraquecer o governo do estado de São Paulo.

Faz lembrar, enquanto maior defensor brasileiro da democracia e da liberdade, o PSDB sempre defendeu e estimulou as ações das pessoas por seus direitos, e em muitas esteve presente. No entanto, a JPSDB Paulistana não pode compactuar com os excessos que causaram depredações e agressões dos protestos ocorridos nos últimos dias em São Paulo em referência ao aumento da tarifa do transporte público.

 
É importante que a população perceba que a superlotação no Metro e na CPTM está diretamente ligada a incapacidade do prefeito de assumir suas responsabilidades e fazer funcionar devidamente os ônibus da cidade, e a um preço justo. Além de os excessos nas manifestações ter um culpado: o prefeito Fernando Haddad, por não cumprir suas próprias promessas de campanha.

Somos a favor à livre manifestação de ideias, porem de maneira civilizada, democrática e pacifica, e parabenizamos os jovens que hoje estarão com esse intuito.

Desse modo, se houver pessoas na manifestação que estejam em nome da JPSDB Paulistana, reafirmo que não nos representam e não fazem isso de acordo com as orientações desse grupo.

A JPSDB Paulistana entregará seu manifesto cívico, pedindo explicações da necessidade da alta dos preços das passagens ao Governador Geraldo Alckmin, e discutirá com o mesmo formas de melhorias para a população.

Vamos em frente!

 Igor Cunha

Presidente da JPSDB da Capital São Paulo – Juventude Paulistana