Karol Conka detona tuíte racista do youtuber Julio Cocielo | Revista Fórum
04 de julho de 2018, 07h36

Karol Conka detona tuíte racista do youtuber Julio Cocielo

A rapper ainda reagiu a um comentário de um internauta que foi ao perfil da cantora relativizar a atitude racista: "Sabe o c*? Toma nele"

(Lucas Costa)

Karol Conká usou o Twitter para criticar o comentário racista do youtuber Julio Cocielo. Sem citar o nome do “digital influencer”, a rapper detonou a atitude de Cocielo e seu posterior pedido de desculpas assim que o caso tomou grande proporção nas redes sociais.

“Racista finge que se arrepende quando perde dinheiro ou status. No fundo continua odiando os negros e desejando a morte deles. É preocupante ver grandes marcas apoiando esse tipo de gente pensando somente em números. Esse país está uma merda”, postou a cantora em post publicado na última segunda-feira (2).

Sem papas na língua, a rapper reagiu a um comentário de um internauta que foi ao perfil da cantora relativizar a atitude racista de Cocielo. “Bom lembrar que o racismo é um mal universal. Negros também fazem piada racista contra brancos, só que ninguém nota”, disse um rapaz. Karol Conká respondeu de bate pronto. “Sabe o c*? Toma nele”.

Em novo tuíte, Karol elogiou a atitude de marcas que retiraram o patrocínio de Julio Cocielo, depois da atitude racista. “Sensatez!”, ela definiu na rede social.

Ao citar a revelação francesa Mbappé, craque da partida, Cocielo disse que o jogador, que é negro, ‘conseguiria fazer uns arrastões top na praia”. A reação de repúdio nas redes sociais foi imediata. Marcas que trabalham ou trabalharam com o influenciador digital foram marcadas com a cobrança de uma posição sobre o ocorrido.

O Banco Itaú, que tinha uma propaganda no ar com o youtuber, decidiu retirar o anúncio da web ainda no sábado. Em nota, a instituição financeira afirmou que “repudia toda e qualquer fora de discriminação e preconceito. Esperamos que o respeito à diversidade sempre prevaleça”, informou o Banco em informação divulgada pelo site ‘Meio e Mensagem’.

Usuários de redes sociais resgataram posts anteriores de Cocielo de forte conteúdo racista. Cocielo pediu desculpas pelos posts do passado, mas não fez qualquer menção ao que escreveu no último sábado. “Cara, como eu falava merda. Na época desses comentários infelizes tinham uma interpretação totalmente de hoje, um momento delicado. Não existe justificativa, isso só me fez eu me sentir muito mal só de imaginar ter sido uma pessoa escrota. Nunca mais se repetirá. Peço desculpas publicamente por ter ofendido inúmeras pessoas”, postou.

Foto: Reprodução/Twitter