Imprensa livre e independente
25 de maio de 2019, 08h55

Kim Kataguiri dá nota 8 para Rodrigo Maia e 5 para Bolsonaro em programa do Bial

Os três parlamentares criticaram o ato em favor de Bolsonaro, programado para este domingo (26)

Foto: Reprodução YouTube
Os convidados do programa Conversa com Bial, da TV Globo, desta sexta-feira (24), os deputados federais Tabata Amaral (PDT-SP), Kim Kataguiri (DEM-SP), um dos líderes do MBL, e Felipe Rigoni (PSB-ES) foram “provocados” por Pedro Bial a dar notas a Jair Bolsonaro e ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Kataguiri deu 8 para Maia e 5 para Bolsonaro; Tabata também deu 8 para Maia e 3 para Bolsonaro, enquanto Rigoni deu 7,5 para Maia e 5 para Bolsonaro. Além disso, os três parlamentares criticaram o ato em favor de Bolsonaro, programado para este domingo (26). “Direita contemporânea” Bial disse que...

Os convidados do programa Conversa com Bial, da TV Globo, desta sexta-feira (24), os deputados federais Tabata Amaral (PDT-SP), Kim Kataguiri (DEM-SP), um dos líderes do MBL, e Felipe Rigoni (PSB-ES) foram “provocados” por Pedro Bial a dar notas a Jair Bolsonaro e ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia.

Kataguiri deu 8 para Maia e 5 para Bolsonaro; Tabata também deu 8 para Maia e 3 para Bolsonaro, enquanto Rigoni deu 7,5 para Maia e 5 para Bolsonaro.

Além disso, os três parlamentares criticaram o ato em favor de Bolsonaro, programado para este domingo (26).

“Direita contemporânea”

Bial disse que Kataguiri representa uma “direita contemporânea, moderna” e questionou se ele acha que Bolsonaro faz parte dessa direita e se um eventual fracasso do governo pode desmoralizar a ideia de direita.

“Começando pelo final, acredito que sim. A população, no geral, vê a direita como um negócio só, assim, como a esquerda. Então, está todo mundo no mesmo balaio. A manifestação de domingo (26) explicitou as divisões da direita, a liberal, a libertária e até a direita anarquista, tem a mais conservadora, a intervencionista, que defende que os militares tomem o poder”, afirmou.

Veja também:  Lewandowski deve abrir voto sobre prisão em segunda instância pelo TRF-4, que pode beneficiar Lula

“A que eu defendo é a direita liberal. A população está mais interessada em saber se tem emprego do que se o Coaf fica ou não com o Moro”, acrescentou.

Impeachment

Em seguida, o apresentador perguntou se, nos bastidores do Congresso, eles já ouviram as palavras impeachment e Bolsonaro na mesma frase. Os três disseram que sim, embora tenham se posicionado contra o impedimento do presidente.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum