Imprensa livre e independente
06 de novembro de 2017, 13h42

Lançamento de documentário homenageia Marighella e Zarattini

“Olhares Anistia” será lançado nesta segunda-feira (6), em São Paulo, e analisa a questão da revisão ou reinterpretação da Lei da Anistia.

“Olhares Anistia” será lançado nesta segunda-feira (6), em São Paulo, e analisa a questão da revisão ou reinterpretação da Lei da Anistia. Da Redação O Salão Nobre da Câmara de Vereadores de São Paulo vai receber nesta segunda-feira (6), a partir as 19 horas, o lançamento do documentário “Olhares Anistia”, do diretor pernambucano Cleonildo Cruz (foto), com roteiro da jornalista Micheline Américo. Na ocasião serão homenageados Carlos Marighella e Ricardo Zarattini. Cleonildo Cruz avalia que as homenagens são mais do que justas. “Tive a oportunidade de entrevistar o Zarattini no dia 4 de junho de 2014 para o documentário. Foi...

“Olhares Anistia” será lançado nesta segunda-feira (6), em São Paulo, e analisa a questão da revisão ou reinterpretação da Lei da Anistia.

Da Redação

O Salão Nobre da Câmara de Vereadores de São Paulo vai receber nesta segunda-feira (6), a partir as 19 horas, o lançamento do documentário “Olhares Anistia”, do diretor pernambucano Cleonildo Cruz (foto), com roteiro da jornalista Micheline Américo. Na ocasião serão homenageados Carlos Marighella e Ricardo Zarattini.

Cleonildo Cruz avalia que as homenagens são mais do que justas. “Tive a oportunidade de entrevistar o Zarattini no dia 4 de junho de 2014 para o documentário. Foi uma entrevista densa, na qual ele mostrou toda sua indignação, com muita vivacidade, contra os agentes do estado que agiram criminalmente: prendendo, sequestrando, torturando, assassinando e desaparecendo com pessoas”, relembra o cineasta.

“Olhares Anistia” procura entender e debater a questão da revisão ou reinterpretação da Lei da Anistia. “A Comissão Nacional da Verdade fez a opção da efetividade histórica. Precisamos caminhar para uma justiça de transição efetiva e não apenas o resgate histórico. A não responsabilização da criminalidade estatal perpetua em relação às graves violações que ocorrem atualmente no Brasil. O resultado da comissão não é ponto final. É inaceitável que os agentes do Estado que agiram criminalmente não sejam responsabilizados”, relata Cleonido Cruz.

Veja também:  Eduardo Bolsonaro relaciona feminicídio com acesso de mulheres a armas e é bombardeado no Twitter

Assista ao teaser do documentário “Olhares Anistia”:

Foto: Arquivo Pessoal

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum