17 de novembro de 2018, 17h29

“Le Monde” publica reportagem sobre o Brasil: “Bolsonaro inicia guerra nas escolas”

Tradicional jornal francês veicula ampla matéria e destaca a “cruzada” do presidente eleito contra o sistema educacional do país, com o projeto “Escola Sem Partido”

Foto: Reprodução/RFI

O tradicional jornal francês “Le Monde” veicula, em sua edição deste domingo (18), uma ampla reportagem, na página 2, abordando o que chama de “cruzada” da extrema direita brasileira contra o sistema educacional, estimulada por Jair Bolsonaro. O objetivo do militar segundo o periódico, é atenuar as críticas à ditadura, de acordo com informações do site RFI.

Na chamada de capa, O “Le Monde” diz: “A extrema direita brasileira, convencida de que a escola é assombrada pelo comunismo e pela apologia de comportamentos desenfreados, está apoiando um projeto de lei que visa obrigar os professores à neutralidade e ao respeito às convicções do aluno, de seus pais ou responsáveis. E Bolsonaro ainda quer que os alunos possam filmar seus professores para denunciá-los”.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você não pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

O jornal ressalta que para “lutar contra o socialismo escolar”, o “Escola Sem Partido” pretende retirar toda a legitimidade dos professores e das escolas em contradizer as famílias no tema da educação moral, sexual e religiosa. Para o “Le Monde”, o texto abre o caminho para todos os excessos.

O jornal finaliza reportagem, destacando que o Supremo Tribunal Federal (STF) deve se opor ao “Escola Sem Partido”, contrário à liberdade de expressão. No entanto, ressalta que, mesmo sem a lei, a tensão no Brasil está crescendo, estimulada por Bolsonaro, que tem o objetivo de privatizar o ensino.

Agora que você chegou ao final desse texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais