14 de março de 2017, 18h20

Lista de Janot tem 83 inquéritos de políticos com foro e mais 211 pedidos de investigação

Parte dos pedidos foi encaminhada pelo procurador-geral da República a Edson Fachin, no STF, e ficará a cargo do ministro decidir sobre a divulgação dos nomes envolvidos.

Parte dos pedidos foi encaminhada pelo procurador-geral da República a Edson Fachin, no STF, e ficará a cargo do ministro decidir sobre a divulgação dos nomes envolvidos Por Redação Nesta terça-feira (14), o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, encaminhou ao Supremo Tribunal Federal (STF) o pedido de abertura de 83 inquéritos para investigar políticos com foro privilegiado na Operação Lava-Jato. Além destes, Janot encaminhou 211 declínios de competência para outras instâncias da Justiça, envolvendo outras pessoas delatadas e políticos sem foro (como vereadores, deputados estaduais, governadores e prefeitos). Caberá às instâncias menores decidirem se pedem ou não a abertura do inquérito. Os pedidos...

Parte dos pedidos foi encaminhada pelo procurador-geral da República a Edson Fachin, no STF, e ficará a cargo do ministro decidir sobre a divulgação dos nomes envolvidos

Por Redação

Nesta terça-feira (14), o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, encaminhou ao Supremo Tribunal Federal (STF) o pedido de abertura de 83 inquéritos para investigar políticos com foro privilegiado na Operação Lava-Jato.

Além destes, Janot encaminhou 211 declínios de competência para outras instâncias da Justiça, envolvendo outras pessoas delatadas e políticos sem foro (como vereadores, deputados estaduais, governadores e prefeitos). Caberá às instâncias menores decidirem se pedem ou não a abertura do inquérito.

Os pedidos foram encaminhados ao ministro Edson Fachin, no STF, e ficará a cargo dele decidir sobre a divulgação dos nomes envolvidos. No Supremo, são analisados casos de senadores, deputados federais, ministros e presidente da República.

Foto: Agência Brasil