Seja Sócio Fórum
14 de março de 2019, 06h00

Livro conta a história de menina de 12 anos que deixa a Síria para fugir da guerra

"Amal" conta com apoio da ONU e é uma homenagem às centenas de crianças que estão viajando desacompanhadas pelo mundo hoje em busca de refúgio

(Foto: Acnur/Hameed Marouf)
Capa Amal. Foto: Divulgação Com o apoio do Acnur (Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados), será lançado nesta sexta-feira (15), no momento em que a Guerra da Síria completa 8 anos, o livro juvenil “Amal”, da jornalista Carolina Montenegro. A obra é sobre uma menina que precisa deixar a Síria sozinha, aos 12 anos, para fugir da guerra. Pelo caminho, ela conhece diversas outras crianças, de vários países, que estão na mesma situação. É uma homenagem às centenas de crianças que estão viajando desacompanhadas pelo mundo hoje em busca de refúgio. A publicação, que sairá em edição impressa e em formato...

Capa Amal. Foto: Divulgação

Com o apoio do Acnur (Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados), será lançado nesta sexta-feira (15), no momento em que a Guerra da Síria completa 8 anos, o livro juvenil “Amal”, da jornalista Carolina Montenegro.

A obra é sobre uma menina que precisa deixar a Síria sozinha, aos 12 anos, para fugir da guerra. Pelo caminho, ela conhece diversas outras crianças, de vários países, que estão na mesma situação. É uma homenagem às centenas de crianças que estão viajando desacompanhadas pelo mundo hoje em busca de refúgio.

A publicação, que sairá em edição impressa e em formato de app (aplicativo), foi ilustrada e animada pelo artista Renato Moriconi, autor e ilustrador de mais de 40 títulos.

O livro impresso traz as pinturas de Renato Moriconi foram feitas especialmente para o formato e contém um apêndice informativo sobre migração e a crise dos refugiados, pensado para estimular a discussão sobre o tema em família e na escola.

Já o livro-aplicativo usa animações, locuções, trilhas e efeitos sonoros como parte da narrativa. Ele será disponibilizado gratuitamente nas lojas App Store, Google Play e pelo link http://onelink.to/amal (disponível apenas depois do dia 15). Será também um meio de arrecadação voluntária de recursos para contribuir de maneira direta com iniciativas humanitárias (20% da receita vai pros projetos do Acnur).

 

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum