Imprensa livre e independente
23 de maio de 2019, 19h05

“Lula ainda tem muito a fazer pelo povo brasileiro”, diz Carlos Lupi, presidente do PDT

Ao contrário de outra liderança de seu partido, Ciro Gomes, que vem desferindo ataques ao petista, Carlos Lupi visitou o ex-presidente na prisão, relatou o encontro e não poupou elogios

Foto: Eduardo Matysiak
O presidente do PDT, Carlos Lupi, visitou o ex-presidente Lula na tarde desta quinta-feira (23) na superintendência da Polícia Federal em Curitiba, onde o petista está preso desde abril do ano passado. O ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), também participou da visita. Lupi pleiteia uma visita a Lula há meses. Ministro do Trabalho em dois governos petistas, o presidente do PDT relatou, na vigília próxima à sede da PF, como foi o encontro. Diferente de outra liderança de seu partido, Ciro Gomes, que nos últimos meses não tem poupado críticas a Lula, Lupi foi só elogios. Para o político,...

O presidente do PDT, Carlos Lupi, visitou o ex-presidente Lula na tarde desta quinta-feira (23) na superintendência da Polícia Federal em Curitiba, onde o petista está preso desde abril do ano passado. O ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), também participou da visita.

Lupi pleiteia uma visita a Lula há meses. Ministro do Trabalho em dois governos petistas, o presidente do PDT relatou, na vigília próxima à sede da PF, como foi o encontro.

Diferente de outra liderança de seu partido, Ciro Gomes, que nos últimos meses não tem poupado críticas a Lula, Lupi foi só elogios.

Para o político, Lula, seu amigo de mais de 35 anos, é vítima de uma injustiça. “Julgo que Lula está sendo vítima de uma grande injustiça. Vi ele muito bem, forte, lúcido, olhando o futuro do brasil, preocupado com os mais pobres, que estão sofrendo muito com o desgoverno que está aí, esse presidente que está a serviço de interesses internacionais”, afirmou.

“Saio daqui feliz por vê-lo bem, mas com o coração chorando por vê-lo nessa situação’, completou o ex-ministro, que revelou ainda que se despediu de Lula com um “até breve, lá fora”.

Veja também:  Sentença de Lula pode ser anulada pelo STF caso Moro seja considerado suspeito

“O presidente Lula ainda tem muito a fazer pelo povo brasileiro”, finalizou.

Ao final de seu depoimento a integrantes da vigília, Lupi ainda assinou um “diploma simbólico” da inocência de Lula, confeccionado pelo coletivo de mulheres Ponto de Lutas.

Foto: Eduardo Matysiak

 

 

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum