Imprensa livre e independente
21 de março de 2018, 11h06

Lula desmente Fake News da Folha: “A Caravana pelo Sul está mantida”

Jornal publicou “que Lula reavaliava agenda no Sul após dois dias de protestos”

Desmentido de Lula. Foto: Reprodução Redes Sociais
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva desmentiu, através das redes sociais, matéria da Folha desta terça-feira (20) que diz que ele teria feito reunião de emergência com dirigentes para reavaliar a caravana pelo Sul após ser alvo de protestos. De acordo com Lula, “toda a agenda da caravana Lula pelo Brasil está mantida. A caravana não vai parar”. A presidenta nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PT), e o presidente estadual do PT no Rio Grande do Sul, Pepe Vargas, denunciaram em coletiva de imprensa na noite desta terça-feira (20) que milícias de extrema-direita estariam perseguindo a caravana do...

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva desmentiu, através das redes sociais, matéria da Folha desta terça-feira (20) que diz que ele teria feito reunião de emergência com dirigentes para reavaliar a caravana pelo Sul após ser alvo de protestos.

De acordo com Lula, “toda a agenda da caravana Lula pelo Brasil está mantida. A caravana não vai parar”.

A presidenta nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PT), e o presidente estadual do PT no Rio Grande do Sul, Pepe Vargas, denunciaram em coletiva de imprensa na noite desta terça-feira (20) que milícias de extrema-direita estariam perseguindo a caravana do ex-presidente Lula na região Sul do país.

Já na segunda-feira (19), ruralistas e simpatizantes do deputado federal Jair Bolsonaro usaram caminhões e tratores para bloquear o acesso da comitiva de Lula à Unipampa (Universidade Federal dos Pampas). Na ocasião, Lula respondeu: “Essas pessoas deveriam ter feito o protesto quando viemos criar a universidade, afirmou.

Veja também:  Editor do The Intercept diz que #VazaJato é maior que o arquivo de Snowden

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum