06 de setembro de 2018, 07h23

Lula é intimado: prazo para acertar os R$ 31 milhões com a Lava Jato é de 15 dias

Intimação cobrando os R$ 31 milhões do ex-presidente Lula foi expedida em 03/09 pela juíza Carolina Lebbos, da 14a Vara Federal

Carolina Lebbos. Foto: Divulgação

Na segunda-feira, (3), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou a intimação comunicando a cobrança de R$ 31 milhões expedida pela juíza Carolina Moura Lebbos, da 12.ª Vara Federal de Curitiba, pela condenação na Operação Lava Jato no caso do triplex do Guarujá.

Os R$ 31 milhões são o montante atualizado “dos valores devidos a título de custas (R$ 99,32), multa (valor total de R$ 1.299.613,46) e reparação de danos (R$ 29.896.000,00)” no processo em que Lula está condenado e preso por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Com a intimação enviada a Lula dentro da sede da Polícia Federal, em Curitiba, onde está preso em uma cela especial desde o dia 7, passou a contar o prazo de 15 dias dado pela Justiça para que o petista pague o montante em conta judicial aberta ou comunique proposta de parcelamento.

“Providencie o pagamento da multa, da reparação dos danos e das custas processuais ou formule, justificadamente, proposta de parcelamento no prazo de 15 dias”, registra ato ordinário da 12.ª Vara Federal.