Imprensa livre e independente
11 de outubro de 2016, 17h33

Mais de 20 manifestações contra a PEC 241 já estão marcadas em todo o Brasil

As cidades de São Paulo, Santos e Rio de Janeiro já têm atos marcados para esta terça-feira (11). Veja a lista completa Por Redação Depois que a Câmara dos Deputados ter aprovado a PEC 241, que congela os investimentos em saúde e educação pelas próximas duas décadas, nesta segunda-feira (10), diversas manifestações foram marcadas em todo país. A votação terminou com 366 votos favoráveis, 111 contrários e 2 abstenções. A medida precisa passar por mais um turno na Câmara e mais dois no Senado e, se for aprovada, começa a valer já em 2017. A PEC 241 congela as despesas do Governo...

As cidades de São Paulo, Santos e Rio de Janeiro já têm atos marcados para esta terça-feira (11). Veja a lista completa

Por Redação

Depois que a Câmara dos Deputados ter aprovado a PEC 241, que congela os investimentos em saúde e educação pelas próximas duas décadas, nesta segunda-feira (10), diversas manifestações foram marcadas em todo país.

A votação terminou com 366 votos favoráveis, 111 contrários e 2 abstenções. A medida precisa passar por mais um turno na Câmara e mais dois no Senado e, se for aprovada, começa a valer já em 2017. A PEC 241 congela as despesas do Governo Federal pelas próximas duas décadas e isso também inclui os gastos com saúde, educação e o reajuste do salário mínimo que passam a ser alterados apenas pelo índice de inflação.

Como uma tentativa de pressionar os deputados no segundo turno, mais de 20 atos contra a PEC foram marcados, Militantes das cidades de São Paulo, Santos e Rio de Janeiro já  marcaram manifestações para esta terça-feira (11). Veja a lista abaixo:

Veja também:  Fim de semana é marcado por manifestações em defesa da União Europeia em vários países do continente

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum