ASSISTA
14 de dezembro de 2016, 08h58

Mais de 60 manifestantes são detidos em Brasília após ato contra PEC 55

Entre os detidos, muitos adolescentes foram levados ao Departamento de Polícia Especializada (DPE) e permaneceram sem acesso a advogados ou familiares; assista aos vídeos.

Entre os detidos, muitos adolescentes foram levados ao Departamento de Polícia Especializada (DPE) e permaneceram sem acesso a advogados ou familiares; assista aos vídeos

Por Redação

Após a PEC 55, que congela os gastos públicos nos próximos vinte anos, ser aprovada pelo Senado Federal em segundo turno, manifestantes de diversas cidades se reuniram nesta terça-feira (13) para protestar contra a medida. Em Brasília, mais de 60 pessoas acabaram detidas e o ato foi reprimido com spray de pimenta, gás lacrimogêneo e tiros de balas de borracha.

As prisões foram efetuadas com violência pela Polícia Militar do Distrito Federal. Autuados na 5ª DP, os detidos – entre eles, adolescentes – foram levados ao Departamento de Polícia Especializada (DPE) e, por várias horas, foram impedidos de ter acesso a seus advogados. As visitas de amigos e familiares também foram vetadas. Muitas pessoas faziam vigília do lado de fora do local à espera de notícias.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública do DF, 10 manifestantes devem ser enquadrados na Lei de Segurança Nacional. E a caçada aos participantes do ato foi além dos limites da Esplanada dos Ministérios, onde houve o protesto. Um vídeo publicado na internet mostra a ação de PMs na quadra 303 Norte, com ameaças e agressões verbais a quem passava pela região.

Vídeos e foto: Mídia NINJA