Imprensa livre e independente
04 de junho de 2019, 07h23

Mais de 70 organizações realizam ato contra “Pacote Anticrime, uma solução fake”, de Sergio Moro

Manifestação acontece a partir das 19h desta terça-feira (4) na Faculdade de Direito do Largo São Francisco, em São Paulo, e faz parte de uma campanha contra as propostas de Moro

Sergio Moro (Foto: Isaac Amorim/MJSP)
A Faculdade de Direito do Largo São Francisco, em São Paulo, vai reunir representantes de mais de 70 organizações sociais a partir das 19h desta terça-feira (4) em ato que faz parte da campanha “Pacote Anticrime, uma solução fake”, sobre as medidas propostas pelo ministro da Justiça, Sergio Moro, contra a criminalidade. A campanha, lançada em março na Câmara e em maio no Senado, nasceu em resposta às propostas de recrudescimento penal e licença para matar apresentadas em fevereiro por Moro. As instituições que apoiam a campanha acreditam que as alterações previstas nos projetos são inconstitucionais e ineficazes para reverter...

A Faculdade de Direito do Largo São Francisco, em São Paulo, vai reunir representantes de mais de 70 organizações sociais a partir das 19h desta terça-feira (4) em ato que faz parte da campanha “Pacote Anticrime, uma solução fake”, sobre as medidas propostas pelo ministro da Justiça, Sergio Moro, contra a criminalidade.

A campanha, lançada em março na Câmara e em maio no Senado, nasceu em resposta às propostas de recrudescimento penal e licença para matar apresentadas em fevereiro por Moro.

As instituições que apoiam a campanha acreditam que as alterações previstas nos projetos são inconstitucionais e ineficazes para reverter a insegurança pública no país.

Saiba mais na página do evento no Facebook

Veja também:  Entre melindres, Moro e um “Report”

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum