26 de setembro de 2018, 20h02

Mais uma vez, Daciolo vira sensação nas redes durante debate presidencial

Com seus habituais discursos bíblicos e inflamados, Cabo Daciolo "profetizou" que seria eleito no primeiro turno, defendeu políticas de cotas em universidades e fez declarações em defesa das mulheres. Confira a repercussão

Reprodução
Depois de passar semanas jejuando em um monte no Rio de Janeiro e não participar de atos de campanhas ou debates, o candidato à presidência Cabo Daciolo (Podemos) voltou a ser a sensação das redes sociais durante o debate entre presidenciáveis promovido pelo SBT, Folha de S. Paulo e UOL na noite desta quarta-feira (26). Mais uma vez, Daciolo lançou mão de seus discursos inflamados e com tom bíblico. Ele fez uma enfática defesa da igualdade salarial entre homens e mulheres, declarou apoio ao sistema de cotas em universidades e ainda “profetizou”: “Serei eleito no primeiro turno”. Confira a repercussão....

Depois de passar semanas jejuando em um monte no Rio de Janeiro e não participar de atos de campanhas ou debates, o candidato à presidência Cabo Daciolo (Podemos) voltou a ser a sensação das redes sociais durante o debate entre presidenciáveis promovido pelo SBT, Folha de S. Paulo e UOL na noite desta quarta-feira (26).

Mais uma vez, Daciolo lançou mão de seus discursos inflamados e com tom bíblico. Ele fez uma enfática defesa da igualdade salarial entre homens e mulheres, declarou apoio ao sistema de cotas em universidades e ainda “profetizou”: “Serei eleito no primeiro turno”.

Confira a repercussão.