ASSISTA
05 de Maio de 2016, 19h29

Malafaia está enfurecido com afastamento de Cunha

O pastor publicou um vídeo em que, com tom exaltado, expressa toda a sua indignação com o afastamento do peemedebista de seu mandato e do cargo de presidente da Câmara. Para Malafaia, decisão do STF foi uma “canetada” e uma “afronta”, enquanto o processo de impeachment contra Dilma teria “um viés legal”. Assista Por Redação […]

O pastor publicou um vídeo em que, com tom exaltado, expressa toda a sua indignação com o afastamento do peemedebista de seu mandato e do cargo de presidente da Câmara. Para Malafaia, decisão do STF foi uma “canetada” e uma “afronta”, enquanto o processo de impeachment contra Dilma teria “um viés legal”. Assista

Por Redação

Silas Malafaia, pastor evangélico que apoiou a eleição de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para a presidência da Câmara dos Deputados, publicou um vídeo em seu canal do Youtube em que se mostra indignado com o afastamento do parlamentar de suas funções determinado nesta quinta-feira (5) pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Com tom exaltado, Malafaia diz que desde que começaram a surgir denúncias contra Cunha que ele defende que o parlamentar seja afastado, mas não através do Supremo, como foi feito.

“A canetada de um juiz tira um cara que preside um poder e afasta ele de deputado? Aí, não!”, disse o religioso, que classificou o ato como uma “afronta”, usando como exemplo o processo de impeachment contra a presidenta Dilma Roussef que, segundo ele, teria “um viés legal”.

Assista.