COMPRE JÁ
04 de Março de 2018, 18h46

Maranhão dá mais um exemplo e aprova fim do auxílio-moradia de deputados

Os deputados estaduais acabaram com o auxílio-moradia de R$ 2.850,00 mensais que recebiam desde 2010. 

O Maranhão foi notícia na última semana  após o governador do estado, Flávio Dino (PCdoB), anunciar que aumentou o salário inicial do professor de 40h para R$ 5.750,00, segundo o gestor, passando a ser o mais alto do país. Agora mais uma medida do estado chama atenção: os deputados estaduais acabaram com o auxílio-moradia de R$ 2.850,00 mensais que recebiam desde 2010.

O Decreto Legislativo que extingue o auxílio-moradia aos parlamentares da Assembleia Legislativa do Maranhão foi aprovado por unanimidade na quarta (28).

“Esse entendimento é de todos os parlamentares da Casa em face do momento de dificuldades financeiras que o nosso país está atravessando”, afirmou o presidente da Assembleia, o deputado Othelino Neto (PCdoB). “Agora, com a extinção deste benefício, além da economia que faremos, a Assembleia poderá aplicar estes recursos em outras áreas prioritárias.Uma economia anual de R$ 1.607.634 (R$ 1,6 milhão)”, completou.

“A Assembleia está dando um exemplo a outros Poderes e instituições. É um assunto de interesse nacional que pode gerar benefícios aos cofres públicos”, disse o deputado Zé Inácio (PT).