Imprensa livre e independente
05 de março de 2018, 15h53

Maranhão é o segundo estado brasileiro que mais investiu em segurança

Os dados se referem aos dois últimos anos. Como consequência, o número de homicídios caiu 40% em 2017

Segundo reportagem publicada no jornal Folha de S. Paulo, o Maranhão foi o segundo estado que mais aumentou os investimentos em Segurança Pública. Entre 2015 e 2017, o governador Flávio Dino (PCdoB) ampliou em 26% os investimentos na área, atrás apenas do Piauí. Em números absolutos, foram mais de R$ 1,5 bilhão investidos pelo Maranhão no combate à violência em 2017. Os 26% de aumento são bem maiores do que a média nacional de 1% de ampliação dos investimentos na área no mesmo período. Além disso, 11 estados tiveram redução de gastos com a Segurança Pública, ainda segundo a Folha...

Segundo reportagem publicada no jornal Folha de S. Paulo, o Maranhão foi o segundo estado que mais aumentou os investimentos em Segurança Pública.

Entre 2015 e 2017, o governador Flávio Dino (PCdoB) ampliou em 26% os investimentos na área, atrás apenas do Piauí. Em números absolutos, foram mais de R$ 1,5 bilhão investidos pelo Maranhão no combate à violência em 2017.

Os 26% de aumento são bem maiores do que a média nacional de 1% de ampliação dos investimentos na área no mesmo período. Além disso, 11 estados tiveram redução de gastos com a Segurança Pública, ainda segundo a Folha de S.Paulo.

Os investimentos do Maranhão na área têm se refletido na expressiva redução da criminalidade. O número de homicídios na Grande São Luís, por exemplo, caiu 40% em 2017 em comparação com 2014. Em fevereiro deste ano, a queda foi de 60% na comparação com o mesmo mês de 2014.

O Maranhão tem aparecido constantemente no noticiário com bons exemplos de prática em gestão pública. Em fevereiro, o governador anunciou que o salário inicial dos professores da rede estadual passou a ser de R$ 5.750. Já a assembleia estadual anunciou, no começo de março, o fim do auxílio-moradia dos deputados.

Veja também:  Secretário de Meio Ambiente de Minas afirma que paredão de mina da Vale vai desabar

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum