Imprensa livre e independente
02 de agosto de 2007, 15h35

Marcha abre o II Fórum Social Nordestino

"Por um outro modelo de desenvolvimento para o Nordeste" é o lema do evento em Salvador (BA)

“Por um outro modelo de desenvolvimento para o Nordeste” é o lema do evento em Salvador (BA) Por Redação Desta quinta-feira, 2, a domingo, 5 de agosto, a capital baiana recebe mais 150 atividades que integram a programação do II Fórum Social Nordestino. O lema é “Por um outro modelo de desenvolvimento para o Nordeste”. As atividades do II FSNE se organizam em seis eixos definidos a partir das lutas dos movimentos sociais no Nordeste e da consulta internacional realizada pelo Fórum Social Mundial entre junho e agosto de 2006 – que redundou nos objetivos do FSM 2007.  A programação está disponível...

“Por um outro modelo de desenvolvimento para o Nordeste” é o lema do evento em Salvador (BA)

Por Redação

Desta quinta-feira, 2, a domingo, 5 de agosto, a capital baiana recebe mais 150 atividades que integram a programação do II Fórum Social Nordestino. O lema é “Por um outro modelo de desenvolvimento para o Nordeste”.

As atividades do II FSNE se organizam em seis eixos definidos a partir das lutas dos movimentos sociais no Nordeste e da consulta internacional realizada pelo Fórum Social Mundial entre junho e agosto de 2006 – que redundou nos objetivos do FSM 2007. 

A programação está disponível na página do evento na internet.

Paralelamente às atividades, está previsto o Fórum Social Nordestino das Crianças e Adolescentes, destinado as pessoas com idades entre três e 14 anos, filhos e/ou dependentes dos participantes do II FSNE.

A primeira edição do Fórum Nordestino ocorreu em novembro de 2004 em Recife (PE). O fato de o governo do estado ser Jacques Wagner (PT) e o prefeito João Henrique (PDT) foram determinantes para a definição do local.

Veja também:  Em São Paulo, Salão do Livro Político homenageia Paulo Freire e traz nomes como Haddad e Flávio Dino

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum