#FÓRUMCAST
20 de Março de 2018, 17h21

Marielle é capa do Washington Post: “Agora ela é um símbolo global”

A matéria diz que “se o objetivo era silenciar Marielle, o seu assassinato conseguiu o contrário”

Marielle na capa do The Washington Post. Foto: Reprodução

O assassinato da vereadora carioca Marielle Franco foi reportagem de capa do jornal americano The Washington Post. O título da matéria diz: “A black female politician was gunned down in Rio. Now she’s a global symbol” (Parlamentar negra foi baleada no Rio. Agora ela é um símbolo global).

O texto conta a trajetória da vereadora, descreve o crime e fala, sobretudo, sobre a repercussão que o caso teve em todo o mundo. A reportagem destaca a importância de Marielle na luta contra a violência policial nas favelas do Rio: “A matança não é apenas uma guerra contra os pobres. É também uma guerra contra os negros”, dizia ela.

A reportagem destaca que “se o objetivo era silenciar uma parlamentar negra que cresceu rapidamente assumindo a luta contra policiais corruptos, o aparente assassinato de Marielle conseguiu o contrário. Nos últimos dias, a maior nação da América Latina passou a ver com admiração uma figura, até então pouco conhecida fora do Rio, transformada em símbolo global da opressão racial”.

Leia a matéria completa aqui.