18 de setembro de 2018, 18h44

Marquezine se posiciona contra Bolsonaro e fecha comentários para evitar ataques

Para evitar que fosse atacada pelos apoiadores do candidato, a atriz decidiu fechar a aba de comentários do seu perfil, depois que Sasha, filha da apresentadora Xuxa e amiga de infância de Bruna, foi ofendida nas redes sociais por ter se manifestado contra o presidenciável do PSL

Foto: TV Globo/Divulgação

A atriz Bruna Marquezine se posicionou, nesta terça-feira (18), contra o candidato Jair Bolsonaro (PSL) por meio de seu Instagram. Na publicação, ela compartilhou um print de um texto feito pela também atriz Maria Ribeiro, dizendo “é isso” e compartilhando a hashtag #EleNão.

Na publicação compartilhada por Marquezine, Maria diz que “considerar ter uma filha mulher uma coisa menor do que ter um filho homem não é família” e que “considerar a gravidez um motivo para que as mulheres ganhem menos não é família”.

Para evitar que fosse atacada pelos apoiadores do candidato, a atriz decidiu fechar a aba de comentários do seu perfil. Isso aconteceu depois que Sasha, filha da apresentadora Xuxa e amiga de infância de Bruna, foi ofendida nas redes sociais por ter se posicionado contra Bolsonaro.

Outras famosas como a cantora Iza, as atrizes Deborah Secco, Camila Pitanga e Claudia Raia também já tornaram pública sua posição contrária ao candidato à presidência pelo PSL.