23 de abril de 2018, 20h52

Martinho da Vila pede para visitar Lula em Curitiba

"Quero dar um abraço de conforto", afirmou o cantor, que formalizou um pedido de visita à Justiça para visitar Lula, seu "velho amigo"

O cantor Martinho da Vila formalizou, nesta segunda-feira (23), um pedido para visitar o ex-presidente Lula, preso desde o dia 9 de abril na superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR).

O pedido do cantor foi encaminhado à juíza Carolina Moura Lebbos, da 12.ª Vara Federal. Lebbos, ao longo das últimas semanas, vetou a visita de inúmeras lideranças políticas e amigos de Lula, entre eles, a ex-presidenta Dilma Rousseff, o Prêmio Nobel da Paz, Adolfo Perez Esquivel, o teólogo Leonard Boff e parlamentares petistas e de outros partidos.

Ao Estadão, Martinho da Vila afirmou que Lula e ele são velhos amigos e que quer ir à sala especial onde o ex-presidente está detido para dar um “abraço de conforto”.

Em inúmeras outras ocasiões o sambista já demonstrou apreço por Lula. Uma das últimas foi em uma entrevista concedida em 2016 à revista Sexy em que afirma que Lula foi “o melhor que o país já teve desde Getúlio Vargas”.