Imprensa livre e independente
08 de março de 2018, 22h31

Depois da ‘homenagem’, MCDonald’s é alvo de escracho de mulheres em SP

Em uma ação em homenagem ao 8 de março, o restaurante colocou somente mulheres para trabalhar em suas unidades. Iniciativa não passou despercebida pela Marcha das Mulheres na avenida Paulista

Foto: Nunah Alle / Mídia NINJA
Milhares de mulheres tomaram as ruas de São Paulo nesta quinta-feira (8) em uma manifestação para marcar o Dia Internacional da Mulher. O trajeto foi basicamente o mesmo dos anos anteriores, a concentração começou às 16h na Praça Oswaldo Cruz, no bairro do Paraíso, e as mulheres seguiram em marcha pela avenida Paulista até o prédio da TV Gazeta. Ao chegarem no prédio da emissora paulista, as mulheres deram uma atenção especial a uma unidade do MCDonald’s que fica logo ao lado. Com palavras de ordem, as manifestantes promoveram um escracho em frente ao restaurante por conta da iniciativa realizada...

Milhares de mulheres tomaram as ruas de São Paulo nesta quinta-feira (8) em uma manifestação para marcar o Dia Internacional da Mulher. O trajeto foi basicamente o mesmo dos anos anteriores, a concentração começou às 16h na Praça Oswaldo Cruz, no bairro do Paraíso, e as mulheres seguiram em marcha pela avenida Paulista até o prédio da TV Gazeta.

Ao chegarem no prédio da emissora paulista, as mulheres deram uma atenção especial a uma unidade do MCDonald’s que fica logo ao lado. Com palavras de ordem, as manifestantes promoveram um escracho em frente ao restaurante por conta da iniciativa realizada pela rede hoje para “homenagear” as mulheres.

Conforme noticiado pela Fórum, a rede brasileira do restaurante resolveu comemorar o Dia Internacional da Mulher colocando somente mulheres para trabalhar nas unidades. “Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, hoje estamos operando com equipe 100% feminina no restaurante”, dizia uma placa que foi colocada na frente dos estabelecimentos, como o da avenida Paulista.

Veja também:  Boulos será coordenador de grupo de trabalho do PSOL para debater programa para as cidades

“Isso chega a ser um descaramento, uma falta de respeito com as mulheres deste país”, disse a secretária da Mulher Trabalhadora da CUT, Juneia Martins Batista. “Eles ignoram a história de luta das mulheres”, afirmou.

*Com RBA

 

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum