26 de setembro de 2018, 11h28

Médico diz que, “se quiser”, Bolsonaro poderá participar dos últimos debates do 1º turno

Médico que chefia a equipe que acompanha Bolsonaro no Hospital Albert Einstein, disse que ele deixará o local em "ótimas condições" e poderá decidir se participa ou não.

Reprodução
O cirurgião Antonio Luiz Macedo disse, em entrevista à repórter Jussara Soares, d’O Globo, que o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) poderá participar dos dois últimos debates do primeiro turno – marcados para a próxima semana -, “se ele quiser”. A reportagem, pulicada nesta quarta-feira (26), diz que Bolsonaro deve receber alta médica na próxima sexta-feira (28) e não terá contraindicação médica que o impeça de participar dos debates, marcados para domingo (30), na Rede Record, e para a próxima quinta-feira (4), na Globo. O médico, que chefia a equipe que acompanha Bolsonaro no Hospital Albert Einstein, disse que ele deixará...

O cirurgião Antonio Luiz Macedo disse, em entrevista à repórter Jussara Soares, d’O Globo, que o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) poderá participar dos dois últimos debates do primeiro turno – marcados para a próxima semana -, “se ele quiser”.

A reportagem, pulicada nesta quarta-feira (26), diz que Bolsonaro deve receber alta médica na próxima sexta-feira (28) e não terá contraindicação médica que o impeça de participar dos debates, marcados para domingo (30), na Rede Record, e para a próxima quinta-feira (4), na Globo.

O médico, que chefia a equipe que acompanha Bolsonaro no Hospital Albert Einstein, disse que ele deixará o local em “ótimas condições” e poderá decidir se participa ou não dos debates.