Segunda Tela

14 de junho de 2017, 15h26

Michel Temer vira vampiro corrupto em jogo de zumbis

O tradicional jogo de zumbis ‘Zombicide’ lançará uma nova edição que terá entre os personagens o Conde Temeraire, um “corrupto feiticeiro das trevas que não está satisfeito em roubar apenas seu sangue”

Por Redação 

A CMON, empresa francesa de jogos de tabuleiros, iniciou na semana passada uma campanha de financiamento coletivo para a produção de uma nova edição do bem-sucedido “Zombicide”, jogo de zumbis vendido no mundo inteiro. Uma das metas inclusa na arrecadação está a criação do personagem “Conde Temeraire”, um “feiticeiro das trevas” corrupto que é uma clara referência ao presidente brasileiro Michel Temer.

Conde Temeraire não lembra Temer apenas pela semelhança física ou de nome. As características contidas na biografia do personagem dialogam com o “vampirismo” a que Temer, de forma cômica, é recorrentemente associado. Além de classificar Temeraire como “sugador de sangue necromante corrupto que não se contenta em somente sugar o seu sangue”, diz a biografia.

“O CONDE TEMERAIRE( MICHEL TEMER ) TEM SIDO UM INCÔMODO NA FLORESTA DO SUL POR UM PERÍODO DE TEMPO QUE SE ASSEMELHA COM ERAS. TODAS AS VEZES QUE O POVO ACHA QUE O DERROTOU, ELE ESCAPA E RESSURGE E RETOMA SEU REINADO DE TERROR NOVAMENTE. SUA FORMA PESSOAL DE INSANIDADE FOI INTENSIFICADA PELO SEU VAMPIRISMO, MAS ELE CONTINUA ACREDITANDO SER UM LORDE JUSTO, UM QUE AS PESSOAS QUEREM COMO LÍDER EM SUAS VIDAS. A PESTE NEGRA FOI UMA BÊNÇÃO AO CONDE, JÁ QUE ELE PREFERE SÚDITOS QUE COMAM CÉREBROS AO INVÉS DE USÁ-LO”. 

Alguma semelhança com a realidade?

Veja também:  Ex-heróis: Zorra Total, da Globo, faz paródia com Moro e Dallagnol, e viraliza nas redes

Saiba mais sobre o jogo e o financiamento coletivo aqui.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum