Apanhado do Cinema 2016

Mais uma vez, listo meus filmes preferidos do ano que passou...

nocturama_05

Mais uma vez, listo meus filmes preferidos do ano que passou e tento justificar um pouco algumas das preferências. E como sempre, seguindo os links, você pode encontrar textos mais completos sobre cada filme. O ano passado foi muito duro, e acredito que o cinema refletiu um pouco essa dureza. Nocturama talvez seja o filme que busque mais fundo o desamparo desse momento como uma sensibilidade, seguindo um grupo de jovens que arquitetam vários pequenos atentados em Paris por motivações pouco claras e com consequências perversas.

Filme:

  1. Nocturama
  2. American Honey
  3. A Morte de Luís XIV
  4. Martírio
  5. Amor e Amizade
  6. O Que Está por Vir
  7. O Ornitólogo
  8. Toni Erdmann
  9. Ave, César!
  10. La La Land

nocturama

Direção:

  1. Bertrand Bonello (Nocturama)
  2. Albert Serra (A Morte de Luís XIV)
  3. Whit Stillman (Amor e Amizade)
  4. Andrea Arnold (American Honey)
  5. Mia Hansen-Love (O Que Está por Vir)

sonia-braga-aquarius-banner

Atriz:

  1. Sônia Braga (Aquarius)
  2. Sandra Hüller (Toni Erdmann)
  3. Emma Stone (La La Land)
  4. Isabelle Huppert (O Que Está por Vir)
  5. Ruth Negga (Loving)

 

toni-erdmann-5-rcm0x1920u

Acho muito interessante que o filme de Maren Ade leve o nome Toni Erdmann, o mesmo da figura que o personagem de Peter Simonischek cria para tentar se aproximar do mundo da filha, interpretada por Sandra Hüller. Esse segundo personagem de Simonischek no filme, acredito, é uma pequena caricatura do primeiro, uma referência ao palhaço excêntrico que a filha acredita que ele seja. O que os dois personagens do ator têm em comum é uma falta de carisma tocante que Simonischek traz ao filme e que está sempre em diálogo com a personagem de sua filha o percebe e como nós o percebemos.

Ator:

  1. Peter Simonischek (Toni Erdmann)
  2. Jean-Pierre Leaud (A Morte de Luís XIV)
  3. Joel Edgerton (Loving)
  4. Jun Jae-young (Certo Agora, Errado Antes)
  5. Vincent Cassel (Meu Rei)

rs_1024x683-161122113433-1024.moonlight.112216

Nas premiações da temporada, Mahershala Ali tem sido o ator mais aclamado do elenco fantástico de Moonlight. O ator está ótimo no filme e merece o reconhecimento depois de uma considerável carreira interpretando papeis bem aquém de seu talento. Mas acredito que o grande brilho do filme está na atuação de Ashton Sanders, que interpreta Chiron quando adolescente. Sanders traz adiante toda a vulnerabilidade daquele personagem, o seu medo e suas dúvidas. Se o filme é eventualmente esquemático, a atuação de Sanders parece fluir a partir de como aquele personagem se relaciona com seu universo.

Ator Coadjuvante:

  1. Ashton Sanders (Moonlight)
  2. Tom Bennett (Amor e Amizade)
  3. Dany DeVito (Wiener-Dog)
  4. Lucas Hedges (Manchester à Beira-mar)
  5. André Holland (Moonlight)

Screenshot-2016-10-27-00.15.00

Atriz Coadjuvante:

  1. Lily Gladstone (Certas Mulheres)
  2. Dani Nefussi (Mãe Só Há Uma)
  3. Viola Davis (Fences)
  4. Min-hee Kim (A Criada)
  5. Maeve Jinkings (Aquarius)

certain-women-2

Elenco:

  1. Certas Mulheres
  2. Toni Erdmann
  3. Amor e Amizade
  4. Ave, César!
  5. American Honey

things-to-come-2016-002-isabelle-huppert-looking-over-grassy-hills-ORIGINAL

Roteiro:

  1. O Que Está por Vir
  2. Toni Erdmann
  3. Ave, César!
  4. Kubo e as Cordas Mágicas
  5. O Ornitólogo

images-w1400

Montagem:

  1. Nocturama
  2. Amor e Amizade
  3. Toni Erdmann
  4. Tower
  5. O Que Está por Vir

manchester-leadO que mais gosto em Manchester à Beira-mar é como o filme parece muito preocupado em mostrar certa melancolia que emana da paisagem daquela região e como isso afeta o seu protagonista, afastado dali por uma tragédia e por sua própria culpa.

Fotografia:

  1. Manchester à Beira-mar
  2. American Honey
  3. O Ornitólogo
  4. Nocturama
  5. Kubo e as Cordas Mágicas

Num momento em que boa parte dos artistas americanos se virou contra Trump, as personagens de American Honey, com a bandeira dos confederados estampando seus biquinis, dançam ao som de Rihanna. Há algo muito forte no filme sobre o quão próximo e o quão distante ao mesmo tempo aqueles personagens estão da situação política do país. A maneira como se comportam, as roupas que vestem e a música que ouvem trazem à tona uma América presa às suas contradições.

Trilha Sonora Adaptada:

  1. American Honey
  2. Tower
  3. Aquarius

lala

A música de La La Land é a homenagem mais bem-sucedida do filme ao cinema musical a que de tantas maneiras se refere, nostalgicamente. O compositor francês Michel Legrand parece ser a principal referência para o excelente trabalho de Justin Hurwitz, que cria uma atmosfera sonora muito coesa para o filme. As letras de Pasek e Paul, dois dos melhores letristas do teatro musical contemporâneo, acrescentam à música certo humor trágico, uma esperteza lírica rara até mesmo para os padrões do teatro recente, criando talvez a melhor sequência de pastiches desde Follies, de Stephen Sondheim.

Trilha Sonora Original:

  1. La La Land
  2. Kubo e as Cordas Mágicas
  3. Sing Street

sarahwinc_f04cor_2016111726

Trabalho de Som:

  1. Sarah Winchester, ópera fantasma
  2. Kubo e as Cordas Mágicas
  3. Sing Street

o-delirio-e-a-redencao-dos-aflitos

Curta ou Média-metragem:

  1. O Delírio É a Redenção dos Aflitos
  2. Sarah Winchester, ópera fantasma
  3. Dear Renzo

martirio-filme-indi-gk-750x410

Documentário:

  1. Martírio
  2. Gente Bonita
  3. Coração de Cachorro

KUBO_sunset_laika_focus.0

Animação:

  1. Kubo e as Cordas Mágicas
  2. Tower
  3. Festa da Salsicha

nocturama_f03cor_2016111566

Cenografia:

  1. Nocturama
  2. O Delírio É a Redenção dos Aflitos
  3. La La Land

thumb_1894_media_image_975x616

Figurino, Cabelo e Maquiagem:

  1. A Morte de Luís XIV
  2. American Honey
  3. La La Land

petesdragon-elliottcarriestrunk

Desenho de Produção:

  1. Meu Amigo, o Dragão
  2. La La Land
  3. A Bruxa
  4. Kubo e as Cordas Mágicas
  5. Rogue One

Menção Honrosa:

Easy, série de Joe Swanberg

Edições anteriores:

Apanhado do Cinema 2015

Apanhado do Cinema 2014

Apanhado do Cinema 2013

Apanhado do Cinema 2012

Apanhado do Cinema 2011