Imprensa livre e independente
23 de novembro de 2018, 18h17

Ministro do STJ nega recurso de Lula no caso do triplex do Guarujá

A decisão de Felix Fischer foi monocrática; em consequência, a defesa do ex-presidente ainda pode tentar que o recurso seja apreciado pela 5ª Turma

Felix Fischer – Foto: Assessoria STJ/Divulgação Felix Fischer, ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), negou, nesta sexta-feira (23), o recurso da defesa de Lula contra sua condenação no caso do triplex de Guarujá. Os advogados do ex-presidente solicitaram sua absolvição ou a anulação do processo. A justificativa é que houve inúmeras violações ao direito de defesa. O ex-presidente foi condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro em primeiro e segunda instâncias, mas seu processo ainda não foi transitado em julgado. Lula está na prisão desde abril e cumpre pena de 12 anos e um mês de reclusão. Sua...

Felix Fischer – Foto: Assessoria STJ/Divulgação

Felix Fischer, ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), negou, nesta sexta-feira (23), o recurso da defesa de Lula contra sua condenação no caso do triplex de Guarujá. Os advogados do ex-presidente solicitaram sua absolvição ou a anulação do processo. A justificativa é que houve inúmeras violações ao direito de defesa.

O ex-presidente foi condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro em primeiro e segunda instâncias, mas seu processo ainda não foi transitado em julgado. Lula está na prisão desde abril e cumpre pena de 12 anos e um mês de reclusão. Sua defesa afirma que não há provas dos crimes.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

A decisão do ministro foi monocrática. Em consequência, a defesa do ex-presidente ainda pode tentar que o recurso seja apreciado pela 5ª Turma.

Veja também:  Gleisi Hoffmann: "Lula continuar preso é um crime continuado"

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum