Seja Sócio Fórum
15 de junho de 2016, 13h43

Ministro Geddel Vieira Lima é expulso da prefeitura de Salvador aos gritos de ‘golpista’

Ao lado do ministro da Saúde, Ricardo Barros, Geddel foi expulso da prefeitura de Salvador por manifestantes contrários ao governo Temer. Ambos deixaram o local de carro, após encontro com o ACM Neto.

Ao lado do ministro da Saúde, Ricardo Barros, Geddel foi expulso da prefeitura de Salvador por manifestantes contrários ao governo Temer. Ambos deixaram o local de carro, após encontro com o ACM Neto Por Redação Após encontro com o prefeito ACM Neto (DEM), em Salvador, o ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, e o ministro da Saúde, Ricardo Barros, foram expulsos por manifestantes do prédio da prefeitura ao som de palavras de ordem e gritos de “golpista”. Geddel é considerado uma das principais ligações do governo interino com a Câmara e o Senado. Na última segunda-feira (13), durante jantar...

Ao lado do ministro da Saúde, Ricardo Barros, Geddel foi expulso da prefeitura de Salvador por manifestantes contrários ao governo Temer. Ambos deixaram o local de carro, após encontro com o ACM Neto

Por Redação

Após encontro com o prefeito ACM Neto (DEM), em Salvador, o ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, e o ministro da Saúde, Ricardo Barros, foram expulsos por manifestantes do prédio da prefeitura ao som de palavras de ordem e gritos de “golpista”.

Geddel é considerado uma das principais ligações do governo interino com a Câmara e o Senado. Na última segunda-feira (13), durante jantar de comemoração dos dez anos do Hospital da Bahia, ele disse ver com bons olhos a gestão de Temer e opinou que o retorno da presidenta Dilma Rousseff não irá acontecer.

Veja abaixo o momento do protesto.

 

Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum