Seja Sócio Fórum
09 de fevereiro de 2012, 14h44

Miudezas para encher uma página

Por Mouzar Benedito   Andei pensando numas coisas que gostaria de publicar aqui, mas que não justificam uma crônica inteira. Então juntei algumas delas. Confiram. * Morando no último dos quatro andares de um prédio na Vila Madalena, minha área de serviço é invadida frequentemente por bem-te-vis, maritacas, sabiás e sanhaços, que vão comer as frutas que deixo para eles, às vezes atacando também frutas que estão na cozinha. Ouvindo os bem-te-vis, concluí que os pássaros também têm sotaque. Aqui eles cantam rápida e repetidamente “bem-te-vi-bem-te-vi-bem-te-vi”, e na minha memória os bem-te-vis do interior cantam com mamolência: “beeeemmmm-te-viiiiiiii”. Confirmei isso...

Por Mouzar Benedito

 

Andei pensando numas coisas que gostaria de publicar aqui, mas que não justificam uma crônica inteira. Então juntei algumas delas. Confiram.

* Morando no último dos quatro andares de um prédio na Vila Madalena, minha área de serviço é invadida frequentemente por bem-te-vis, maritacas, sabiás e sanhaços, que vão comer as frutas que deixo para eles, às vezes atacando também frutas que estão na cozinha. Ouvindo os bem-te-vis, concluí que os pássaros também têm sotaque.
Aqui eles cantam rápida e repetidamente “bem-te-vi-bem-te-vi-bem-te-vi”, e na minha memória os bem-te-vis do interior cantam com mamolência: “beeeemmmm-te-viiiiiiii”. Confirmei isso recentemente, em São Luiz do Paraitinga, ouvindo um bem-te-vi cantar assim, com sotaque caipira, igual ao da minha terra.

* A ciência tem evoluído com uma rapidez danada, e não sei por que ainda não inventaram pílulas de friorias. Isso mesmo, o contrário de calorias. Assim, a gente podia traçar uma feijoada com duas mil calorias e contrabalançar com algumas pílulas.

Continue lendo aqui.

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum