Imprensa livre e independente
17 de dezembro de 2018, 08h50

Moradores querem proibir casal que agrediu menino de entrar em condomínio

O casal segurou um menino de seis anos para que seu filho o agredisse. Veja o vídeo

Foto: Reprodução
Mais de 80 famílias que moram em Brasília, no local onde aconteceu o caso, querem impedir que o casal Alexandre de Jesus e Danielle dos Santos, que segurou um menino para que seu filho o agredisse, sejam impedidos de entrar no condomínio novamente. Na semana passada, um menino de apenas 6 anos levou um soco no rosto, foi empurrado e caiu no chão, enquanto brincava em um condomínio fechado em Brasília. Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais O casal imaginou que a criança tivesse batido no filho...

Mais de 80 famílias que moram em Brasília, no local onde aconteceu o caso, querem impedir que o casal Alexandre de Jesus e Danielle dos Santos, que segurou um menino para que seu filho o agredisse, sejam impedidos de entrar no condomínio novamente.

Na semana passada, um menino de apenas 6 anos levou um soco no rosto, foi empurrado e caiu no chão, enquanto brincava em um condomínio fechado em Brasília.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

O casal imaginou que a criança tivesse batido no filho deles, pois o menino subiu no apartamento dos avós sangrando na boca. O pai foi até a quadra de esportes para tirar satisfação, segurou os braços do menino para trás para que o filho machucado desse um soco no rosto do outro. A mãe também foi ao local e empurrou o garoto no chão.

O garoto agredido mora em Feira de Santana, na Bahia. Está passando as férias com a tia em Brasília. O casal agressor, Alexandre e Danielle, não mora no prédio. Lá é a casa dos avós do menino machucado.

Veja também:  Milícia bolsonarista nas redes faz MBL perder mais de 50 mil seguidores

O caso foi denunciado na Delegacia de Proteção da Criança e Adolescente. Segundo a delegada, além da agressão, os pais cometeram um crime ao obrigar o filho a bater na outra criança.

Alexandre e Danielle não quiseram gravar entrevista. Por nota, o advogado de defesa disse que os dois foram tomados por violenta emoção quando viram o filho machucado e que estão extremamente arrependidos.

Com informações do Fantástico

Agora que você chegou ao final desse texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais

 

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum