Seja Sócio Fórum
27 de abril de 2018, 19h28

Moro aceita pedido de filho de Lula para não depor em processo sobre sítio

Fábio Luis Lula da Silva foi relacionado como testemunha do empresário Fernando Bittar, que aparece na escritura como o dono do sítio

Foto: Rovena Rosa/Fotos Públicas O juiz Sergio Moro acatou solicitação de Fábio Luis Lula da Silva, filho do ex-presidente Lula, no sentido de não prestar depoimento no caso do sitio de Atibaia (SP). Conhecido como Lulinha, Fábio prestaria depoimento no próximo dia 7, por intermédio videoconferência. No pedido, a defesa de Lulinha ressaltou a recente decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que retirou das mãos de Moro os trechos da delação da Odebrecht, alegando que ele não teria mais “competência para processar e julgar a presente ação”. Lulinha foi relacionado como testemunha do empresário Fernando Bittar, que consta na escritura...

Foto: Rovena Rosa/Fotos Públicas

O juiz Sergio Moro acatou solicitação de Fábio Luis Lula da Silva, filho do ex-presidente Lula, no sentido de não prestar depoimento no caso do sitio de Atibaia (SP). Conhecido como Lulinha, Fábio prestaria depoimento no próximo dia 7, por intermédio videoconferência. No pedido, a defesa de Lulinha ressaltou a recente decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que retirou das mãos de Moro os trechos da delação da Odebrecht, alegando que ele não teria mais “competência para processar e julgar a presente ação”.

Lulinha foi relacionado como testemunha do empresário Fernando Bittar, que consta na escritura como o dono da propriedade de Atibaia. Sergio Moro também deu cinco dias para que Bittar se manifeste se a tomada de depoimento é realmente necessária para comprovar os fatos ou circunstâncias em questão.

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum