#FÓRUMCAST
10 de julho de 2018, 11h07

Moro escorregou em casca de banana atirada por petistas, dizem ministros do STJ e do STF

Os ministros consideraram que o PT conseguiu fazer Moro errar. Para eles, o juiz pisou em falso ao ordenar que a PF não cumprisse a ordem de soltura

(Foto: Lula Marques/Agência PT)

Muitos foram a favor e outros tantos contra a concessão do Habeas Corpus ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelo desembargador Rogério Favreto. Uma coisa, no entanto, poucos discordam. A atitude errada do juiz de Primeira Instância Sérgio Moro ao tentar interferir no caso.

De acordo com o Painel, da Folha, integrantes de tribunais superiores consideraram que o PT conseguiu expor o voluntarismo de Moro, reforçando a tese de que ele não é imparcial nos casos do ex-presidente. Para ministros do STJ e do STF, o juiz Sergio Moro escorregou numa casca de banana atirada pelos petistas ao reagir à ordem.

Os ministros consideraram que o PT conseguiu fazer Moro errar. Para eles, o juiz pisou em falso ao ordenar que a PF não cumprisse a ordem de soltura, em afronta à hierarquia do Judiciário, e também quando mobilizou outros juízes do TRF-4 para derrubar a decisão.

Segundo relatos, Moro chegou a ligar para o diretor-geral da Polícia Federal, Rogério Galloro, para argumentar contra o cumprimento da decisão de Favreto.

Para os ministros do STJ e do STF, Moro errou ao se insurgir e a sua posição será explorada em ações no Conselho Nacional de Justiça e pela defesa de Lula nos recursos às cortes superiores.