Imprensa livre e independente
08 de outubro de 2017, 16h28

Morre viúva de Antônio Carlos Magalhães

Filha de uma poderosa família de cacaueiros de origem libanesa,católica fervorosa, discreta e, sobretudo, silente, Dona Arlete era avó do atual prefeito de Salvador. ACM Neto

Dona Arlete, viúva de Antônio Carlos Magalhães, ex-governador e ex-senador pela Bahia, será enterrada às 17h em Salvador. Com 86, dona Arlete Maron de Magalhães, é avó do atual prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM) e estava internada há dias por conta de um AVC – Acidente Vascular Cerebral. Segundo informações de Fernando Morais que escreve uma biografia do ex-líder político, era Filha de uma poderosa família de cacaueiros de origem libanesa,católica fervorosa, discreta e, sobretudo, silente. “Convivi por vários anos com seu marido, ACM, para trabalho profissional ainda não finalizado, período em que tive oportunidade de estar com ela dezenas de...

Dona Arlete, viúva de Antônio Carlos Magalhães, ex-governador e ex-senador pela Bahia, será enterrada às 17h em Salvador. Com 86, dona Arlete Maron de Magalhães, é avó do atual prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM) e estava internada há dias por conta de um AVC – Acidente Vascular Cerebral.

Segundo informações de Fernando Morais que escreve uma biografia do ex-líder político, era Filha de uma poderosa família de cacaueiros de origem libanesa,católica fervorosa, discreta e, sobretudo, silente.

“Convivi por vários anos com seu marido, ACM, para trabalho profissional ainda não finalizado, período em que tive oportunidade de estar com ela dezenas de vezes. Posso contar nos dedos das duas mãos as palavras que a ouvi pronunciar ao longo de todo esse tempo”, escreveu Morais.

Veja também:  Olavo de Carvalho faz trocadilho com prêmio de Chico Buarque e é chamado de invejoso

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum